ja-cpanel-top

Com o Professor Arnoldo Lima, finalmente você vai aprender contabilidade !

o pensador "Nos transformamos naquilo que praticamos com frequência. A perfeição, não é um ato isolado, e sim um hábito" Aristóteles 338 a.C.

Estudo das contas:Estoque de mercadorias (mercadorias)

E-mail Imprimir PDF

Função: 

Representa bens de venda adquiridos ou produzidos para a comercialização.

 

Funcionamento:

 

Debitada – Pelas aquisições e pelas devoluções de vendas por meio de ajustes do CMV.

 

Creditada – Pelas vendas, devoluções de compras e abatimentos sobre compras. 

 Tributação com Mercadorias, Produtos ou Insumos

 

Análise

 

·         A seta aponta para quem faz a ação.

 

·         Os impostos são não-cumulativos (paga quando compra, recupera ou compensa quando vende).

 

·         Só existe processo de recuperação (ou compensação) de impostos para quem compra.

 

·         Ao comprar paga-se o imposto, obtendo-se o direito com o Fisco Estadual (ICMS a recuperar) e o Federal (IPI a recuperar).

 

·         Ao vender, incorre-se com o fato gerador do ICMS (IPI), registrando-se a correspondente despesa com o tributo e em contrapartida a obrigação – débito com o Fisco Estadual (ICMS a recolher) e o Federal (IPI a recolher).

 

·         Do processo, confronta-se a conta de crédito (direito) ICMS a recuperar (IPI a recuperar) com a conta do débito (obrigação) ICMS a recolher (IPI a recolher), recuperando-se o imposto pago na compra com a obrigação registrada na venda. Caso ocorra excedente da obrigação, que fica na conta ICMS a Recolher (IPI a recolher) recolhe-se a diferença. Já sendo o excedente na conta do direito ICMS a recuperar (IPI a recuperar), a entidade entra no mês seguinte com o crédito, sem fazer nenhum recolhimento.

 

 

                                       Nas Compras / Devoluções de Compras

 

     Contas do Ativo – Créditos (direitos) com o Fisco (Estadual/Federal)

 

·         ICMS a recuperar (=) ICMS a compensar (=) C/C do ICMS devedor

 

·         IPI a recuperar (=) IPI a compensar (=) C/C do IPI devedor

 

 

Nas Vendas / Devoluções de Vendas

 

   Contas de Resultado – Incorrências dos impostos (despesas)

 

·         ICMS s/ vendas (=) ICMS (=) Imposto sobre vendas

 

·         IPI faturado (=) IPI (=) Imposto sobre faturamento

 

   Contas do Passivo – Débitos (obrigações) com o Fisco (Estadual/Federal)

 

·         ICMS a recolher (=) ICMS a pagar (=) C/C do ICMS credor

 

·         IPI a recolher (=) IPI a pagar (=) C/C do IPI credor

 

 

 Contribuições sobre a Receita Bruta (Receita(s) Principal(is))

 

PIS (0,65%) e COFINS (3%) - Sistema Cumulativo

 

 

 

Nas Vendas / Devoluções de Vendas

 

Contas de ResultadoIncorrência dos fatos geradores das contribuições (despesas)

 

·         PIS (PIS sobre vendas ou PIS sobre faturamento)

 

·         COFINS (COFINS sobre vendas ou COFINS sobre faturamento)

 

Contas do Passivo – Débitos (obrigações) com o Fisco Federal

 

·         PIS a recolher (PIS a pagar)

 

·         COFINS a recolher (COFINS a pagar)

 

 


PIS (1,65%) e COFINS (7,6%) - Sistema Não-cumulativo

 

Nas Compras / Devoluções de Compras

 

     Contas do Ativo – Créditos (direitos) com o Fisco Federal.

 

·         PIS a recuperar (=) PIS a compensar (=) C/C do PIS devedor

 

·         COFINS a recuperar (=) COFINS a compensar (=) C/C do COFINS devedor

 

 


Nas Vendas / Devoluções de Vendas

 

   Contas de Resultado – Incorrência dos fatos geradores dos contribuições (despesas)

 

·         PIS (PIS sobre vendas ou PIS sobre faturamento)

 

·         COFINS (COFINS sobre vendas ou COFINS sobre faturamento)

 

   Contas do Passivo – Débitos (obrigações) com o Fisco Federal

 

·         PIS a recolher (=) PIS a pagar (=) C/C do PIS credor

 

·         COFINS a recolher (=) COFINS a pagar (=) C/C do COFINS credor

 

 

 


Contribuições sobre Outras Receitas Operacionais (Receitas Acessórias)

 

PIS (0,65%) e COFINS (3%) - Sistema Cumulativo

 

Nas Receitas financeiras / Aluguéis

 

Contas de ResultadoIncorrências dos fatos geradores das contribuições (despesas)

 

·         PIS – despesa operacional (PIS sobre receitas operacionais)

 

·         COFINS – despesa operacional (COFINS sobre receitas operacionais)

 

Contas do Passivo – Débitos (obrigações) com o Fisco Federal

 

·         PIS a recolher (PIS a pagar)

 

·         COFINS a recolher (COFINS a pagar)

 

 


PIS (1,65%) e COFINS (7,6%) - Sistema Não-cumulativo

 

Nas Compras e outras transações

 

     Contas do Ativo – Créditos (direitos) com o Fisco Federal.

 

·         PIS a recuperar (=) PIS a compensar (=) C/C do PIS devedor

 

·         COFINS a recuperar (=) COFINS a compensar (=) C/C do COFINS devedor

 

 


Receita financeira - JCP / Aluguéis

 

   Contas de Resultado – Incorrências dos fatos geradores das contribuições (despesas)

 

·         PIS – despesa operacional (PIS sobre receitas operacionais)

 

·         COFINS – despesa operacional (COFINS sobre receitas operacionais)

 

   Contas do Passivo – Débitos (obrigações) com o Fisco Federal

 

·         PIS a recolher (=) PIS a pagar (=) C/C do PIS credor

 

·         COFINS a recolher (=) COFINS a pagar (=) C/C do COFINS credor

 

 


Ocorrências – Serão verificadas em sala de aula.

Regimes de Inventário

 

 

Regime Periódico                                 Regime Permanente

 

Periódico – A análise dos estoques é feita pela contagem física, com o custo das mercadorias vendidas (CVM) determinado ao final do período. O método utiliza-se de contas específicas (transitórias) para contabilizar as transações com estoques. É utilizado em pequenas empresas.

 

Permanente – Efetua uma análise constante (contínua) de estoques por meio da verificação de Fichas de Controle de Estoque (FCE), por meio dos seguintes métodos:

 

(1)   P.E.P.S.  ( Primeiro a entrar, primeiro a sair )

F.I.F.O.    ( First in, first out )

 

(2)   U.E.P.S.  ( Último a entrar, primeiro a sair )

L.I.F.O.    ( Last in, first out )

 

(3)   M.P.M.     Média ponderada móvel

 

(4)   M.P.F.      Média ponderada fixa

 

·         É utilizado em médias e grandes empresas, que possuem elevados níveis de estoques.

 

Fichas de Controle de Estoques (FCE)

 

Características

 

As F.C.E. possuem 5 colunas:

 

(1)   Data         

(2)   Histórico

(3)   Entradas  

(4)   Saídas

(5)   Estoques

 

Dessas colunas, 3 possuem subcolunas:

 

(3)   Entradas

(4)   Saídas

(5)   Estoques

 

 

 

As subcolunas são as seguintes:

 

* Quantidade

* Custo unitário (V.A.U.)

* Total

 

 

Como Trabalhar com F.C.E.

 

 

(1)   Estoque Inicial entra diretamente na coluna estoques.

 

(2)   Compras são entradas positivas, sendo colocadas, normalmente, na Coluna Entradas.

 

(3)   Fretes e Seguros Arcados Pelo Comprador (sem destaque na NF), o valor desses elementos é colocado, normalmente, na subcoluna total da Coluna Entradas.

 

(4)   Devoluções de Compras são entradas negativas, portanto, são colocadas entre parênteses na Coluna Entradas.

 

(5)   Abatimentos sobre Compras são também entradas negativas, sendo assim, são colocados entre parênteses na subcoluna total da Coluna Entradas.

 

(6)   Vendas são saídas positivas, sendo colocadas, normalmente, na Coluna Saídas.

 

(7)   Devolução de Vendas são saídas negativas, portanto, são colocadas entre parênteses na Coluna Saídas.

 

(8)   Abatimentos sobre Vendas não afetam as F.C.E., pois eles resultam apenas numa redução no lucro da empresa, não afetando os seus custos, sendo assim, não são colocados nas fichas.

 

 

Raciocínio 1:

 

Uma entrada negativa, funciona como uma saída.

 

Uma saída negativa, funciona como uma entrada

 

Raciocínio 2:

 

Primar pela organização ao elaborar as fichas, mantendo-se os lotes de estoques nas mesmas posições de entrada.

 

Nas devoluções de vendas, tanto no critério PEPS, quanto UEPS, o último valor de custo unitário que saiu será o primeiro a retornar.

 

 

 

 

 

Créditos

O conteúdo desse site foi inteiramente compilado de aulas presenciais do Professor Arnoldo Lima e tenta reproduzir a experiência de assistir uma aula em seu concorrido curso preparatório para concursos e de treinamento e aperfeiçoamento profissional em contabilidade Geral, Avançada, de Custos e Auditoria.

Esteja a vontade para mandar emails com perguntas e sugestões para: pergunteao@professorarnoldolima.com.br

You are here: Questões Comentadas Tópicos Comentados Estudo das contas:Estoque de mercadorias (mercadorias)